A diretoria do BMW Group Brasil para a América Latina comandou o evento, recebendo autoridades federais, estaduais e municipais. O diretor do grupo para a América Latina, Ludwig Willisch, e o diretor da nova unidade, Gerald Degen, lembraram que a fábrica catarinense foi projetada em um terreno com 1,5 milhão de metros quadrados que já permite futuras ampliações. 

O presidente do BMW Group para o Brasil, Arturo Piñeiro, destacou a força do mercado nacional. "A construção da nossa fábrica no país foi definida no momento em que identificamos no mercado brasileiro um enorme potencial para desenvolvimento dos nossos negócios. O maior exemplo disso é o crescimento das nossas vendas. Há cerca de quatro anos não vendíamos mais do que 3 mil veículos por ano no país. Em 2013, comercializamos 17,5 mil carros no Brasil. Mas ao fazermos um investimento do porte desta fábrica, não estamos acreditando apenas no cenário do momento, mas também na economia brasileira no futuro", comparou Piñeiro.

A produção na fábrica catarinense já começou em setembro e no ato de inauguração oficial desta quinta-feira foi apresentado o primeiro carro produzido em Araquari: um modelo BMW Série 3. O veículo foi assinado por todos atuais colaboradores da unidade e por autoridades presentes no evento. O carro ficará exposto nas instalações da fábrica catarinense.

Também participaram do evento os ministros do Desenvolvimento, Mauro Borges; do Trabalho, Manoel Dias; e da Secretaria de Direitos Humanos, Ideli Salvatti; além de secretários de Estado, senadores, deputados, prefeitos da região, entre outras autoridades. O ministro Mauro Borges destacou a importância para a realização da fábrica da inclusão da BMW no regime federal Inovar-Auto, que concede benefícios fiscais para montadoras estrangeiras que se instalarem no país.

A fábrica
Com uma área construída de aproximadamente 500 mil metros quadrados, a nova fábrica da BMW é a 29ª unidade fabril da empresa no mundo. A infraestrutura da unidade produtiva contempla as atividades de montagem, soldagem, sistemas de pintura e logística, além de prédios administrativos e auxiliares. Da fábrica catarinense, poderão sair até 32 mil carros por ano, quantidade que pode ser aumentada no futuro, conforme a evolução do mercado. 

Em princípio, serão montados os modelos Série 1, Série 3, X1, X3 e MINI Countryman. Para manter o padrão da linha de montagem idêntico ao encontrado nas demais fábricas do BMW Group, a empresa trouxe equipamentos de última geração e treinou a equipe em uma réplica da linha de montagem instalada no centro de treinamento do grupo em Joinville.

O início das operações também vai contribuir para acelerar o desenvolvimento socieconômico da região. O projeto prevê a contratação de 1.300 profissionais até o fim de 2015 e a geração de cerca de 2.500 vagas indiretas, incluindo fornecedores, parceiros de negócios e novos concessionários.

A escolha de SC
As tratativas para a instalação da fábrica da BMW em Santa Catarina iniciaram em 2011 e o anúncio oficial do investimento ocorreu em 2012. As obras começaram em dezembro de 2013. O governador Raimundo Colombo ressaltou o atrativos de Santa Catarina na disputa. "A força do nosso povo, a nossa infraestrutura e a qualidade da nossa mão de obra foram fundamentais para atrair a empresa. E queremos criar novos mecanismos para desenvolver e qualificar cada vez mais nossos trabalhadores, porque a vinda da BMW já está atraindo outras empresas, o que vai contribuir muito para o desenvolvimento ainda maior do nosso Estado", afirmou Colombo.

"Seis estados disputaram a montadora no país. Santa Catarina mostrou ter todas as condições de trazer esta empresa de alto padrão no mercado internacional. A BMW é uma empresa pioneira em inovação, com valor estratégico de alta qualidade”, acrescentou a secretária do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), Lucia Dellagnelo.

A BMW
O BMW Group é fabricante de automóveis e motocicletas das marcas BMW, MINI e Rolls-Royce. Como uma empresa global, o BMW Group opera 29 instalações de produção e montagem em 14 países e tem uma rede de vendas presente em mais de 140 nações.
Em 2013, o BMW Group vendeu aproximadamente 1.963 milhão de veículos e 115.215 motocicletas em todo o mundo. O lucro antes dos impostos para o ano contábil de 2013 foi de 7,91 bilhões de euros sobre rendimentos equivalentes a 76,06 bilhões de euros. Em 31 de dezembro de 2013, o BMW Group contava com 110.351 colaboradores.



Alexandre Lenzi
Assessoria de Imprensa Secom
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom

Post A Comment: