Fretamento é uma das opções para garantir crescimento do norte da Ilha

A mobilidade da Grande Florianópolis é uma das principais preocupações de investidores que pretendem abrir um negócio na capital, principalmente na chamada indústria criativa. Pensando em encontrar alternativas para atrair novos investidores e fortalecer o desenvolvimento do norte da Ilha, dirigentes do Sapiens Parque e da Associação das Empresas de Transporte Turístico e Fretamento de Santa Catarina (Aettusc) estudam parcerias para implementar em breve um sistema de fretamento na região metropolitana.

Na quinta-feira (23/10), o presidente e o diretor-executivo do polo de inovação, Saulo Vieira e José Eduardo Fiates, respectivamente, receberam o presidente da Aettusc, apresentaram o potencial de crescimento do empreendimento e falaram sobre o aumento da demanda por meios de transporte mais eficientes. Diante das perspectivas do Sapiens de abrigar em dez anos 30 mil trabalhadores em 400 empresas, Pacheco falou sobre o quanto o fretamento pode contribuir para que o local cresça sem impactar no trânsito da região. “Oferecemos uma opção de transporte segura, confortável e com baixo custo para empresas. Em breve o fretamento será regulamento em Florianópolis e o Sapiens Parque pode ser um polarizador disso”, destacou.



João Paulo Borges
Jornalista
PalavraCom

Post A Comment: