Foto: Diego Garcia
O filhote de baleia jubarte encontrado morto na manhã desta quinta-feira no canto sul da Praia dos Ingleses, em Florianópolis, foi enterrado no fim da tarde, na própria praia. Foi escolhido um local mais afastado do mar, próximo aos ranchos de pesca do canto direito da praia. O animal é fêmea, tem cerca de oito metros de comprimento e pesa cinco toneladas. 

Polícia Militar Ambiental, Comcap e Prefeitura fizeram a remoção do animal usando uma retroescavadeira. Uma biópsia indicará as causas da morte da baleia, mas as evidências indicam que ela tenha colidido contra uma embarcação:

— Havia um hematoma importante do lado direito do corpo do animal, o que indica a colisão. É muito comum encontrarmos filhotes que morreram por causa disso. — explica a veterinária Cristiane Kolesnikovas.

De acordo com o Instituto Baleia Franca, a jubarte não é a espécie mais comum em Santa Catarina — a franca é mais encontrada, pois permenece no Estado para reprodução e amamentação —, mas elas passam pelo litoral catarinense nessa época do ano, no caminho entre a Bahia e o Polo Sul. Em setembro, houve outro registro de filhote de jubarte encontrado morto, em Paulo Lopes.

Informações sobre como ajudar

- Ligue para órgãos competentes:

APA da Baleia Franca: (48) 3255-6710
Centro Mamíferos Aquáticos/ICMBio: (81) 3544-1056 / 3544-1835
Núcleo de Fauna IBAMA/SC: (48) 3212-3368 ou 3212-3356
Polícia Militar Ambiental: 
Laguna:(48) 3644-1728
Maciambú: (48) 3286-1021
Florianópolis: (48) 3269-7111
Maracajá: (48) 3523-1870

Em caso de animais vivos

- Em caso de animais menores, como pinguins, não tente devolvê-los para a água, pois pode ser perigoso;

- Obtenha fotografias do animal, possibilitando a identificação da espécie e documentação do caso.

Proteja a sua saúde

- Evite respirar o ar expirado pelos animais;

- Não se aproxime da cauda. São animais grandes em situação de debilidade física, que podem se tornar ariscos com a aproximação de outros indivíduos e causar ferimentos.

Post A Comment: