Foto: James Tavares / Secom

O governador Raimundo Colombo se reuniu nesta terça-feira, 7, em Brasília, com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, para avaliar o andamento da operação “Brasil Integrado, Bravo Cidadão” em Santa Catarina. Conforme os dois, as ações estão sendo bem sucedidas e serão ampliadas. “Temos um plano conjunto de enfrentamento ao crime organizado em Santa Catarina que já está dando bons resultados. Nossa avaliação é positiva”, declarou o ministro, em entrevista coletiva no Ministério da Justiça.

De acordo com Cardozo, as estratégias para as próximas semanas estão traçadas, mas por se tratar de questão de inteligência, mais detalhes não podem ser fornecidos. No entanto, garantiu que a linha de atuação continuará a mesma e, sendo necessário, o Governo Federal enviará mais homens para a operação. “Quando uma organização criminosa é atacada, perde força e, principalmente, recursos financeiros, ela reage. O que o Governo de Santa Catarina fez com relação ao sistema prisional do Estado é elogiável”, salientou.

Entre as ações já realizadas estão chegada de soldados da Força Nacional de Segurança para integração com as polícias Federal e Rodoviária Federal; transferência de 21 detentos vinculados a facções criminosas para penitenciárias de outros estados; e fechamento terrestre, marítimo e aéreo de SC com objetivo de impedir o fluxo de droga, armas e dinheiro. “Continuaremos com firmeza e determinação estas ações de segurança e a população pode confiar no trabalho que está sendo feito. Estamos prontos para o enfrentamento e não vamos baixar a guarda”, garantiu o governador.

Também chegou ao Estado um scanner que permite verificar plenamente o interior dos veículos e o governo do Rio Grande do Sul cedeu um helicóptero com câmera avançada para auxílio e monitoramento da operação.


Fernanda Rodrigues 
Jornalista – Secretaria de Articulação Nacional

Post A Comment: