Foto: Ricardo Moura /Norte da Ilha

Projetos de economia criativa devem ser enviados até 14 de maio

A pré-incubadora do Centro Sapiens, o Cocreation Lab, prorrogou o prazo de inscrição de projetos até o dia 14 de maio. Serão selecionados 10 deles para fazer parte do espaço de trabalho compartilhado voltado ao desenvolvimento da economia criativa. Além do local, também serão ofertadas para a primeira turma do Cocreation Lab serviços, oficinas e palestras de apoio ao crescimento dos futuros negócios.

Para se inscrever os participantes devem ser residentes de Florianópolis e possuir uma ideia inovadora. "Não é preciso ser pessoa jurídica, queremos encontrar boas ideias e ajudar para que elas se transformem em negócios criativos", explica Luiz Salomão Ribaz Gomez, coordenador do Centro Sapiens. O preenchimento do formulário está disponível on-line e deve conter apresentação do projeto, objetivos, currículo da equipe, entre outras informações, além de um pitch em vídeo de 3 a 5 minutos que explique o que é a ideia.

Serão critérios de avaliação o propósito do projeto, nível técnico da equipe, potencial de mercado e grau de inovação da proposta, cada critério valendo até 50 pontos. Será empregado um critério especial para alunos e egressos do Centro de Artes da Udesc (CEART), o que concederá a estes participantes 20 pontos de antemão. A avaliação será entre 15 e 28 de maio. Para mais informações e acesso ao edital basta acessar o site centrosapiens.com.br.

Centro Sapiens - Lançado em setembro do ano passado, o Centro Sapiens é um projeto de desenvolvimento e promoção da economia criativa e a revitalização do centro histórico leste da capital. Através do Sapiens Parque, a iniciativa visa a transformação da região a partir da tecnologia, inovação e criatividade, transformação que passa também pela apropriação dos espaços públicos e apoio ao comércio local.

A primeira ação é o Cocreation Lab, mas o Centro Sapiens pretende também criar, futuramente, outros espaços e ações de fomento ao desenvolvimento da indústria criativa e da inovação. Projetos correlatos de instituições parceiras e que formam o grupo gestor do Centro Sapiens serão apoiados pela iniciativa. Entre elas o cabeamento subterrâneo, melhoria nos calçamentos, planejamento urbanístico, wifi gratuito e renovação de prédios.


PalavraCom

Post A Comment: