Uma análise sobre o impacto que o encarceramento provoca sobre as famílias dos presidiários. Com essa abordagem, a professora da Universidade de Michigan Ashley Lucas criou a peça O visitante atrás das grades (Doin’ Time: Through the Visiting Glass), que será apresentada nos dias 1º e 2 de junho, às 20h, no teatro do Sesc Prainha, em Florianópolis. A peça integra a programação da vinda da professora Ashley Lucas e de um grupo de alunos da Universidade de Michigan para a Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), como a participação no 1º Seminário Internacional de Arte e Educação Prisional, que ocorre em 30 e 31 de maio na Udesc.

Para montar o espetáculo, que se estende por uma hora e 15 minutos, Ashley fez entrevistas com familiares de detentos e ex-detentos, além de ter trocado correspondências com mais de 400 internos das penitenciárias dos Estados Unidos (EUA). A peça conta com participação de Marina Henriques Coutinho, atriz e professora de Teatro da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio), sendo apresentada em inglês, espanhol e português, e seguirá com um debate após o término da apresentação. A entrada é gratuita, com retirada de ingressos no local, uma hora antes do início do evento.

Filha de um ex-detento, Ashley, de 36 anos, encenou esta peça pela primeira vez no Brasil em junho do ano passado, na Penitenciária Evaristo de Moraes, zona norte do Rio de Janeiro.  O monólogo articula os perfis mais interessantes das entrevistas e cartas - realizadas nos estados americanos de Nova Iorque, Califórnia e Texas -, a experiência pessoal da autora e a sua escrita criativa. O espetáculo, que leva ao público diversas perspectivas sobre as famílias dos presidiários, vem sendo apresentado, desde 2004, dentro e fora das prisões nos EUA, Canadá e Irlanda.

Ainda na semana da apresentação, o  1º Seminário Internacional de Arte e Educação Prisional, que acontece na Udesc, nos dias 30 e 31 de maio, contará com a conferência “Teatro e Encarceramento: Perspectivas ao Redor do Mundo”, ministrada também pela professora Ashley. A organização do evento reitera que além da discussão sobre a produção artística e educacional dentro dos presídios, o evento possibilitará o intercâmbio e o contato com projetos internacionais - como os executados na Universidade de Michigan.

Desde esta segunda-feira, 29, o Centro de Artes (Ceart) da Udesc recebe pelo segundo ano consecutivo um grupo de alunos da Universidade de Michigan que, acompanhados da professora Ashley Lucas, participam de atividades de ensino e extensão.

Sobre a professora

Ashley Lucas é professora associada de teatro e drama e diretora do Prison Creative Arts Project (PCAP) na Universidade de Michigan - um projeto desenvolvido com o objetivo de levar arte para as prisões, por meio das linguagens artísticas (artes visuais, dança, música e teatro) e, também, da literatura. Ela possui um B.A em Estudos de Teatro e Inglês pela Universidade de Yale e Ph.D. em Estudos Étnicos e Teatro e Drama da Universidade da Califórnia, em San Diego. É membro da Fundação Ford, da UNC Faculty Engaged Scholars Program, e UNC´S Institute for Arts and Humanities. Suas atividades de pesquisa e ensino incluem estudos sobre o teatro latino Americano, teatro e enclausuramento, teatro para a mudança social, e assuntos relacionados à atuação, dramaturgia e estudos étnicos.

Ficha técnica
O visitante atrás das grades / Doin' Time: Through the visiting glass
Com
 Ashley Lucas e Marina Henriques
Direção original da peça: Joseph Megel
Direção (adaptação para apresentações no Brasil): Sergio Kauffmann
Tradução da peça para o português: Kathleen Brauer e Sergio Kauffmann
Cenografia (apatação para apresentações no Brasil): Alice Cruz
Iluminação (adaptação para apresentações no Brasil): Luan Almeida

Serviço:
O QUÊ: Espetáculo O visitante atrás das grades (duração de 1h15min), de Ashley Lucas.
QUANDO: 1 e 2 de junho, às 20h.
ONDE:  Teatro do Sesc Prainha, Travessa Siryaco Atherino, nº 100, Centro, Florianópolis.
QUANTO: Entrada gratuita, com retirada dos ingressos uma hora antes da peça.
SAIBA MAIS: Evento no Facebook

Post A Comment: