Exibição acontece de quinta (24) a sábado (26), no CIC

A linguagem audiovisual é um recurso essencial na educação. A presença do vídeo traz para a sala de aula o mundo externo, o cotidiano, as imagens e sons de realidades próximas e distantes, a imaginação e a fantasia. Pensando nisso, surgiu a iniciativa Cinema na Escola, desenvolvida por formadores do Núcleo de Infância, Comunicação, Cultura e Arte (NICA) da Universidade Federal de Santa Catarina.

Turmas de mais de 30 escolas públicas da Grande Florianópolis criaram filmes sobre questões de cidadania e direitos humanos para incentivar a discussão sobre esses tópicos. Doze unidades da rede municipal de ensino da Capital participaram, entre creches, núcleos de educação infantil e escolas básicas e desdobradas.

Para encerrar o projeto, será realizada uma mostra dos filmes produzidos, com a presença dos realizadores, uma oportunidade de compartilhar experiências e assistir às produções numa tela de cinema. O evento acontecerá de quinta (24) a sábado (26), no cinema do Centro Integrado de Cultura (CIC), com exibições no período da manhã e da tarde.


Gente grande


A transição de uma criança da educação infantil para o ensino fundamental é um momento de desafios e aprendizados. A Creche Municipal Vila Cachoeira e a Escola Básica Municipal Donícia Maria da Costa, do bairro Saco Grande, em conjunto, criaram o filme “E agora? Eu vou para a escola!” para falar sobre esse assunto.

Com a duração de 10 minutos, a produção apresenta as crianças do grupo 6, o último grupo da creche, de cinco e seis anos, e as crianças do 1º ano da escola, de seis e sete anos, que frequentavam a creche no ano anterior.

“O filme conta a expectativa dos pequenos no último ano na creche para a grande mudança, enquanto a criançada do 1º ano apresenta a escola e conta um pouco sobre o cotidiano na unidade”, diz a professora responsável pelo projeto Monique Cristina Gelsleuchter.

A produção da Creche Vila Cachoeira e da Escola Donícia Maria da Costa será exibida na quinta, das 15h às 16h e na sexta-feira, das 9h30 às 11h.


A arte contra a violência e o bullying


Da Escola Básica Municipal Virgílio dos Reis Várzea, em Canasvieiras, vem a produção “Descobrindo conviver: eu e os outros”, produzido por alunos do 4º ao 9º ano da unidade.

O filme saiu de um projeto chamado “A arte ampliando os cuidados na contraposição da violência na escola”, desenvolvido pela professora de artes – música, Claudia Roberta Yumiko Tristão.

“O objetivo é utilizar a arte para discutir temas como violência, bullying e preconceito, e com ela resolver os problemas que acontecem na escola”, explica a professora, que realizou o projeto com os alunos no contraturno das aulas.

O filme que será exibido na mostra é uma junção de diferentes vídeos do projeto, todos produzidos pelos próprios alunos, com a supervisão, além de Claudia, de Sandra Dias da Luz, professora da Sala Informatizada e de Jéssica Agostinho, que faz parte do grupo do Cinema na Escola. Cristina Günzel, professora auxiliar da unidade e colaboradora do projeto inicial de artes, também fez parte da equipe de produção do filme.

A exibição do filme acontecerá dia 25 de agosto, das 14h30 às 16h.


O cronograma


24 de agosto – quinta

9h às 10h
Os sons do mundo – NEI Doralice Maria Dias
Câmera, ação – NEI Maria Elena da Silva

15h às 16h
Câmera, ação – NEI Maria Elena da Silva
Minhaminhami – Creche Cristo Redentor
Pra entrar na casa do Zé – Creche Franklin Cascaes
E agora? Eu vou para a escola! – Creche Vila Cachoeira e EBM Donícia Maria da Costa


25 de agosto – sexta

9h30 às 11h
Pra entrar na casa do Zé – Creche Franklin Cascaes
E agora? Eu vou para a escola! – Creche Vila Cachoeira e EBM Donícia Maria da Costa
Pluralidade Cultural – EBM Herondina Medeiros Zeferino
Caçadores de monstros em: Que lugar é esse? – Creche Stella Maris

14h30 às 16h
Descobrindo conviver: eu e os outros – EBM Virgílio dos Reis Várzea
O consumismo – EBM Intendente Aricomedes da Silva
Uma viagem pela Mata Atlântica – EDM e NEI Costa da Lagoa


26 de agosto – sábado

14h às 14h45
Minhaminhami – Creche Cristo Redentor
A linha assanhada – Creche Celso Ramos

15h às 15h45
Uma viagem pela Mata Atlântica – EDM e NEI Costa da Lagoa

Post A Comment: