Levantamento da FCDL/SC mostra lenta retomada da economia


O período que antecedeu o dia dos pais em Santa Catarina registrou crescimento de 3,09% nas vendas do varejo em comparação ao mesmo período do ano anterior. O número é resultado de levantamento realizado pela Federação das CDLs de SC (FCDL/SC) e se refere ao que foi comercializado entre 7 e 13 de agosto.

De acordo com a consulta, o tíquete médio foi de R$ 175,53 frente ao de 2016 (R$ 170,27). Também foi observado volume acentuado por meio de crediário (30,1%) e cartão de crédito (48,1%). As compras à vista tiveram percentual de somente 13,5%. Foram ouvidos 400 empresários associados com atuação no varejo nas 20 cidades catarinenses com maior potencial de consumo.

Como esperado, os itens mais vendidos foram os tradicionalmente procurados para esta data: os produtos de vestuário representaram 29,4% do total, e calçados (19,6%). Os eletroeletrônicos, que já tiveram mais em alta em anos anteriores, desta vez participaram com somente 7,78% do que foi comercializado, segundo o levantamento.

Para Ivan Tauffer, presidente da FCDL/SC, “a leve alta no valor do tíquete médio mostra que o catarinense começa, gradativamente, a voltar a confiar na economia. O necessário agora é que o governo contribua dando sinais mais claros para que retomemos o ritmo anterior ao período crítico vivido recentemente”.

Post A Comment: