Foto: Rafael Rosseti
Na parte da tarde desta terça-feira, 4 de fevereiro, o primeiro dia do Congresso de Educação Básica da Secretaria Municipal de Educação de Florianópolis, terá programação com atividades até as 17h30. O evento contará com mesa-redonda, palestra, painéis e relatos de experiência, a partir das 13h30. No período matutino serão realizadas: solenidade de abertura e a Conferência “Os sujeitos, direitos e práticas que constituem a educação da escola pública” com o Professor Doutor Celso Vasconcellos.

Mesa-redonda

Das 13h30 às 15h30, no auditório Garapuvu, ocorrerá mesa-redonda com a participação dos palestrantes Juca Pirama Camargo Gil, que atua como professor na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), e Jane Paiva, da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). com a temática “Educação Pública na contemporaneidade: os sentidos e o direito de aprender”.

O direito à diferença e juventudes negras

A partir das 16h iniciará a palestra e relato de experiência no auditório Garapuvu. O professor Rodrigo Ednilson de Jesus, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), discutirá sobre as “(Re)Existências: o direito à diferença na igualdade de direitos”. Já a pesquisadora Camila da Silva Santana, apresentará o tema “Juventudes Negras: Pertencimento Racial e Reconhecimento em uma comunidade de traços açorianos no sul do Brasil”.

EJA: Relatos de experiência

Profissionais da rede municipal de ensino de Florianópolis compartilharão práticas realizadas em sala de aula por meio dos relatos de experiência.

Nas salas Pitangueira e Aroeira, das 16h às 17h30, serão apresentados relatos de experiência sobre a Educação de Jovens, Adultos e Idosos (EJA). O primeiro relato será apresentado por Vivian de Camargo Coronato e Gabriela Albanás falarão sobre o trabalho “Reciclando Sonhos: catadores(as) de materiais recicláveis como sujeitos da EJA”. Já Ana Carolina Herreira e Elton Francisco apresentarão “Olhares da EJA: História, Geografia, e encantos da Ilha”.

Painéis: Bairro Educador e Escola do Futuro

A Secretaria Municipal de Educação apresentará dois painéis sobre práticas e projetos implantados.

O primeiro será sobre o Programa Bairro Educador, desenvolvido em 2019, em que foram disponibilizado mais de 70 oficinas em 16 localidades de Florianópolis. O tema “Bairro Educador, o início de uma jornada: construção colaborativa de uma cidade educadora” será apresentado por Rúbia Eneida Holtz, assistente pedagógica do programa, e Marina Mariah, que é professora da rede municipal de ensino e trabalhou como articuladora no bairro Monte Cristo em 2019.

Outro painel apresentado será sobre a Escola do Futuro, um modelo educacional com uma proposta de ensino inovadora. Duas unidades, localizadas nos bairros, Tapera e Ratones, oferecerão em tempo integral ensino de múltiplas linguagens, como Português, Inglês, Língua Brasileira de Sinais (Libras) e Letramento Digital. Este último item refere-se a modos de ler, escrever e interpretar informações, códigos e sinais verbais e não verbais com o uso de dispositivos digitais. Este, será apresentado pela diretora da Escola Básica Municipal Tapera, Melize Neves de Melo Daniel.

Post A Comment: