Fotos Mauricio Vieira / Secom
A educação catarinense recebeu um reforço importante na manhã desta segunda-feira, 3,  quando um ato marcou a posse de 1.842 novos servidores na rede estadual de ensino. Os 1.348 professores, 237 especialistas em assuntos educacionais e 257 assistentes de educação passam a atuar em escolas de todas as regiões do estado. O governador Carlos Moisés e o secretário de Estado da Educação, Natalino Uggioni, participaram da cerimônia realizada no Teatro Pedro Ivo, em Florianópolis.

Acompanhados por familiares e amigos, os servidores fizeram o juramento e assinaram, entre aplausos e sorrisos, o termo de posse. Na coordenadoria de Florianópolis, houve o ingresso de 396 servidores, sendo 328 professores, 41 especialistas, 27 assistentes de Educação, 26 orientadores educacionais e dois administradores escolares.

O governador Carlos Moisés destacou os avanços na educação catarinense em 2019 e disse que o ingresso dos novos servidores ajudará na melhora da qualidade do ensino no estado, uma vez que os servidores efetivos possuem vínculo permanente e um espírito de pertencimento que faz com que haja maior conexão com os alunos.

“Algumas transformações já estão sendo sentidas. Estamos no caminho certo. Era compromisso da nossa gestão trazer mais efetivos para a educação e estamos cumprindo. Temos certeza que vamos atingir os nossos objetivos na Educação. Para isso, queremos contar com o apoio de cada um dos novos servidores”, destacou Carlos Moisés.

O secretário de Estado da Educação, Natalino Uggioni, ressaltou que essa chamada incluiu pela primeira vez os professores de anos iniciais do Ensino Fundamental. Os nomeados desta etapa foram aprovados em concurso público realizado no ano de 2017 e que foi renovado por mais dois anos pelo Governo do Estado em setembro de 2019.


Nomeação ocorreu no início de janeiro

Os servidores que assumiram o cargo nesta segunda-feira foram nomeados pelo Governo do Estado em 6 de janeiro de 2020, com a publicação no Diário Oficial em 9 de janeiro. Os 1.348 professores efetivos ocuparão vagas até então preenchidas pelos professores admitidos em caráter temporário (ACT).

Após a posse, os novos efetivos participam de atividades pedagógicas e treinamentos nas unidades escolares antes do início do ano letivo. Em 9 de janeiro de 2019, o governador Carlos Moisés já havia assinado a nomeação de 911 professores efetivos para a rede estadual.

Post A Comment: