A troca do Comando-Geral da Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC) acontece nesta quarta-feira, 13, às 9h. O coronel Carlos Alberto de Araújo Gomes Júnior transmite o cargo para o coronel Dionei Tonet. A formação do novo Comando-Geral da PMSC foi nomeada pelo governador Carlos Moisés na última sexta-feira, 9. A solenidade não será aberta para o público, atendendo às regras de segurança contra a pandemia do Covid-19, mas será transmitida pelo canal de comunicação da PMSC (www.youtube.com/PMSCOficial).

O coronel Dionei Tonet, novo comandante-geral da Polícia Militar, está na corporação desde 1992. Além dos cursos de formação e aperfeiçoamento de oficiais, Tonet tem especialização em trânsito e curso superior da Polícia Militar. Tonet também possui especialização em Gestão de Pessoas (Unidavi/2007).

Em sua carreira na corporação, Tonet ocupou diversos postos no Vale do Itajaí. Há oito anos, mudou-se para Florianópolis, onde foi coordenador-geral do Ensino à Distância (EaD) do Centro de Ensino, diretor do Colégio Policial Militar, chefe da Divisão de Ensino e diretor de Logística e Finanças. Seu último posto foi o de diretor de Instrução e Ensino.

“É com grande orgulho que recebo esse reconhecimento de assumir o comando-geral da PMSC. Trabalha-se com a sinergia das equipes. Vamos manter todos os projetos em andamento e trabalhar para o melhoramento dos processos por meio de uma análise constante. Nosso objetivo é prestar um serviço melhor para a população e contribuir para a melhora da qualidade de vida”, disse o novo comandante, coronel Dionei.

Legado - Oficial formado na Polícia Militar de Santa Catarina desde 1987, o coronel Carlos Alberto de Araújo Gomes Júnior sempre se destacou pelo perfil operacional. Araújo Gomes sempre marcou o seu trabalho, por onde passou, com a queda dos índices de criminalidade. Isso o levou ao subcomando da PMSC e, consequentemente, ao de comandante-geral da corporação.

Em 2019, além do comando-geral da PMSC, Araújo Gomes foi definido como o primeiro Presidente do Colegiado Superior de Segurança Pública e Perícia Oficial de Santa Catarina. O reconhecimento dos seus 34 anos de trabalhos operacionais e técnicos o levou a ser escolhido também como Presidente do Conselho Nacional de Comandantes-Gerais das Polícias e Corpos de Bombeiros Militares (CNCG – PM/CBM), onde atua buscando a integração e a capacitação das forças de segurança em todo o país.


Texto: Marcelo Passamai

Post A Comment: