Na foto: Fernanda Melchior, Médica de Família e Comunidade.
Os Centros de Saúde de Florianópolis são grandes aliados no combate a disseminação do novo Coronavírus. Nestes locais, os profissionais que se encontram em maior número são os médicos de família e comunidade. Na Capital, 93% dos médicos da Atenção Primária a Saúde, representada neste caso pelos Centros de Saúde, possui profissionais desta especialidade. Nesta terça-feira, 19, é comemorado o dia mundial dos médicos de família e comunidade. A data é importante para destacar o trabalho indispensável destes profissionais.  

O foco do médico de família e comunidade é prestar assistência à saúde da família e prestar orientação para a comunidade, por isto a origem do nome. Os profissionais atendem todas as idades e possuem papel fundamental na Capital, que continua cuidando dos doentes crônicos em tempos de pandemia. 

Os dados demonstram que Florianópolis é uma das Capitais que mais possuem médicos de família para os atendimentos, o que orgulha a administração municipal. Fernanda Melchior, também da área, comenta que a especialidade é focada em “gente”.

“Estes médicos acompanham as pessoas do nascer ao morrer. São os médicos de confiança, como eram chamados antigamente. Especialistas em gente, que acompanham gestações e veem seus filhos nascendo, aprendendo a andar e se desenvolvendo, estando ali em todos os ciclos da vida, acompanham até mesmo a morte dos entes queridos, estão ali na saúde e na doença sempre que as pessoas precisam”, comenta a médica.

Nos Centros de Saúde, por exemplo, os pacientes continuam sendo atendidos por chamadas de vídeo e WhatsApp e, sempre que preciso, podem ter consultas marcadas presencialmente pelas equipes. Essa prática faz com que as doenças possam ser identificadas e tratadas em fases iniciais, reduzindo internações hospitalares, por exemplo.

O programa de Saúde da Família, no Sistema Único de Saúde (SUS), é responsável por atendimentos diários de pacientes com suspeita de Coronavírus e outras doenças. Nos locais, eles são tratados, orientados e acompanhados pelas equipes de saúde.

Post A Comment: